Nova série! “O que é que a geladeira tem?!” – Apresentação

Então eu to morando sozinha há pouco mais de um ano e descobri que mesmo sendo nutricionista e gastrônoma não é fácil chegar em casa e TER que cozinhar (não vamos entrar no mérito do turno duplo, triplo, quádruplo da Mulher aqui por motivos de cansaço e otimização de tempo, porque tá todo mundo com a roupa na máquina pra estender só lendo esse último Post do Comi antes de voltar às suas tarefas, certo? Bom, eu estou! Rs)
Então nesse clima do “maximizar meu tempo”, “preciso comer bem”, e “o que que eu vou inventar pra comer hoje” que eu pensei em compartilhar minhas praticidades culinárias.
A começar pela louça: pia cheia é desaforo! Lei do mínimo detergente é rigorosa aqui em casa e vou mostrar que a pia pode ficar enxuta e organizada no final da produção. Tem também os ingredientes. Não
só o restodontê é super bem vindo, mas também aquela mágica necessária pra produzir um doce com 2 ingredientes que sobraram na dispensa. Na natureza tudo se transforma, lembram? Siiiimmm!
E o último fato prático, que qualquer uma das minhas ex-colegas de cozinha vai querer me matar quando souber, que é a libertação das medidas. Olhômetro mesmo e vamo que vamo! Com alguns conceitos básicos, tanto faz se vai meia xícara de chá ou 5 colheres de sopa de espinafre, gente… Liberta! Interessante?! E resolve! Vocês vão ver!

MACARRÃO COM BRÓCOLIS E COGUMELOS FRESCOS

Numa panela, põe água pra ferver. Deixa lá.
Numa tábua, cortei uma porçãozinha de cogumelos, umas duas fatias de peito de peru e uns brócolis cozidos que tinha na geladeira. Blz! Mise en place feita!
Numa frigideira, aquece manteiga – usa um garfo pra tirar do pote que é o mesmo que vai comer. Só não vale lamber e voltar pra panela, combinado? – e refoga alho picado (em casa já é o pronto picado, cada minuto economizado é precioso). Dourou, junta o cogumelo, brócolis e o peito de peru, refoga até dar uma corzinha no cogumelo.
Nessa altura, a água já ferveu (se tampar a panela vai mais rápido), ponha o macarrão, óleo e sal.
O refogado já tava pronto, eu podia desligar mas resolvi inventar e flambar a coisa com vodka. No tempo de secar o caldinho que soltou do cogumelo e a vodka, o macarrão ficou cozido.
Escorre o macarrão na mesma peneira que usou pra lavar o cogumelo e junta na frigideira com o refogado. Rega com azeite e tempera com pimenta do reino (moída na hora).
Já era! 30 minutos entre tirar as coisas da geladeira e sentar na mesa. Que tal?!

*** louça final ***

Vem na minha que é sucesso! Rs.

Nat

Anúncios

4 Respostas para “Nova série! “O que é que a geladeira tem?!” – Apresentação

  1. Adoro cozinha rápida. Nada como ter dom

  2. A criatividade é a mãe da invenção.

  3. Hum ! parece ótimo !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s